Quatro passos de Ouro da Organização Financeira

Sabe quando a vida tá chatinha, quando você vive cansada, vive na correria, nunca tem tempo pra nada?  Quando suas obrigações aumentam a cada dia? Quando a grana é cada vez mais suada e mal dá pro gasto? Sabe quando você também não tem tempo pra curtir as pessoas que ama? Sua vida financeira tá uma bagunça?

Se você respondeu sim pra pelo menos uma dessas perguntas esse post é pra você.

Leia até o final que eu vou te contar quais foram as 4 estratégias que eu usei para sair dessa verdadeira corrida dos ratos. (corrida onde o rato corre dentro de uma roda e não chega a lugar algum).

Eu tinha uma só certeza, do jeito que estava não dava pra ficar.

Eu corria o dia inteiro atrás do dinheiro, como o papa-léguas corre atrás o Bip Bip e o dinheiro era o próprio Bip Bip.

bip bip e coiote

Aí eu parei e pensei: “Como seria a minha vida se eu não tivesse mais que me preocupar com o dinheiro????”

Você já parou pra pensar nisso?

Em como seria sua a sua vida se você não precisasse mais se preocupar com dinheiro?

Pois bem, foi quando me fiz essa pergunta que eu enxerguei como eu poderia mudar a minha vida e a organização financeira seria fundamental nesse processo.

Comecei por rever toda a minha história em busca daquilo que eu realmente gostaria de fazer, daquilo que quando eu estivesse fazendo me levasse a um estado de euforia interna (FLOW) e aquilo que me levaria a ele era o meu propósito de vida.

O FLOW me nutria de energia boa, me preenchia de felicidade. Era ali que eu queria estar.

Encontrar meu propósito não foi rápido nem fácil, pois no percurso você tem que lidar com muitos bloqueios que a vida vai nos colocando, temos que fazer escolhas e abrir mão de algumas coisas e até de pessoas da nossa convivência.

Mas eu garanto, vale muuuito a pena, viver uma vida como realmente se é, isso enfim é viver uma vida boa.

Com meu propósito redescoberto foi à hora então de recalcular a rota e realinhar a minha vida com o meu propósito.

Listei então meus Objetivos de Vida e também as estratégias para alcança-los (não só financeiras).

Um desses objetivos e que também ajudaria muito com os outros é a Liberdade Financeira (fase onde meu patrimônio construindo, paga meu estilo de vida com a renda passiva gerada por ele).

E comecei a praticar essas 4 estratégias para alcançar meus objetivos:

  1. Organizar
  2. Poupar
  3. Investir
  4. Reavaliar

Aqui começou o #HARDWORK que vou compartilhar nesse Blog com vocês.

  1. Organizar

Com a ajuda de uma planilha bem simples, que eu mesma criei, listei todo o dinheiro que entrava na minha casa durante um mês (aqui em casa a  família é  como um time que trabalhar unida para todos alcançarmos nossos objetivos), depois foi a vez de listar todos o gastos do mês e descobrir direitinho onde estava indo parar o dinheiro.

conta de padariaAí fiz minha Conta de Padaria, ou seja:

Total dos Ganhos – Total dos Gastos = Saldo

Essa simples continha é muito reveladora e tem apenas 3 resultados possíveis:

 

  • Saldo Positivo: sobrou algum dinheiro, OBA!
  • Saldo Zero: deu empate, não sobrou, nem faltou, foi justo, UFA!
  • Saldo Negativo: Faltou dinheiro, DROGA!

Qualquer um que seja o resultado alcançado esse é um bom momento para reavaliar o seu estilo de vida e os seus hábitos de consumo, sempre dá pra simplificar a vida, #ficaadica.

Se você chegar a um saldo Zero ou Negativo, terá que obrigatoriamente reavaliar a sua planilha e cortar gastos eliminar dívidas, até que comece a dar um saldo positivo. Vai com fé e com muitas disposição que é possível, em outros post falaremos mais sobre esses cortes e dívidas. Se inscreva no blog e receba de graça o e-book Zerando as Dívidas, e saia de vez do vermelho.

No meu caso, deu um pequeno saldo positivo e como eu não tinha nenhuma dívida pude então passar para o segundo passo da minha estratégia.

 

  1. Poupar

poupar

Nesse segundo passo da minha estratégia, o saldo positivo se transformou num valor que eu transformei em uma porcentagem do meu ganho total, era quanto eu poderia poupar por mês, era o meu dinheiro novo e seguindo os ensinamentos do livro O Homem Mais Rico da Babilônia, comecei a pagar-me primeiro. Ou seja, sempre que eu recebia o dinheiro eu destinava aquela porcentagem que eu havia estipulado, aquele valor para a poupança.

 

  1. Investir

investir

Logo descobri que poupar não seria suficiente e para melhorar e acelerar meu caminho rumo a Liberdade Financeira comecei a estudar tudo que pude sobre finanças pessoais e percebi que deveria montar um plano de investimento personalizado de acordo com os meus objetivos e que minha gerente do banco não era a melhor pessoa pra me ajudar nisso.

Recorri a muitos livros e cursos e consegui montar um plano de investimento onde mensalmente posso rapidamente identificar onde vou aplicar.

Fique tranquila, o objetivo desse Blog e te fornecer os conceitos básicas sobre dinheiro e ferramentas (cursos e livros)  para você montar o seu também.

 

  1. Reavaliar

reavaliar 2

Com o plano de investimentos montado o ato de investir ficou quase automático, o que me poupa muito tempo.

Basta olhar uma vez por mês na minha planilha para eu descobrir onde vou colocar o meu dinheiro novo.

Esse plano deve ser reavaliado uma vez por ano e se for necessário você pode fazer alterações e rever a estratégia, de acordo com os seus objetivos que podem mudar de acordo com a etapa da vida que você está.

Consegui assim atingir minha autonomia financeira, ou seja agora eu tenho o controle da minha vida financeira (Chupa BIP BIP)

coiote

Nesse momento já começo a sentir os bons ventos da Liberdade Financeira sobrando no meu rosto. Isso é realmente transformador.

Como você viu esse é um post mais geral de como foi o meu começo e pra você entender a lógica dos posts futuros onde vou falar das etapas que percorri e o que aprendi de mais valor para te ajudar a criar seu próprio plano de investimento pessoal.

Sou autodidata em finanças pessoais e aqui você não achará nenhuma recomendação de produtos financeiros, somente de livros e cursos para te ajudar a ser livre financeiramente também.

Para organizar  de vez a sua vida financeira  de uma olhada nesse link: Dinheiro: Modo de Usar

 

 

3 Comentários



  1. Finalmente estava em casa, com meu comp e baixei o Zerando as dívidas… adorei o post e isso me dá um empurrão para começar o caminho da Liberdade Financeira!!! sucesso muito pra vc Ana!!!! 😉

    Responder

    1. VAmos juntas Rachelle, um pouquinho todo dia caminhando a passos largos para a liberdade financeira e já atingindo a tranquilidade financeira.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.