A Mágica da Arrumação Financeira

Nesse artigo você vai entender o que tem em comum a arrumação da sua casa e a organização financeira pessoal.

E ainda, como arrumar a casa, pode te ajudar a implementar também “A Mágica da Arrumação Financeira”, na sua vida.

Alguma vez, você já tentou colocar sua vida financeira em ordem?

Já tentou anotar tudo o que gasta diariamente, tim tim por tim tim?

Por um acaso já montou uma bela e colorida planilha no Excel, com todos os seus gastos fixos ou usou algum aplicativo da moda para ajudar a gerenciar seus gastos, mas, mesmo assim  não obteve sucesso?

Pois então, eu vou te contar, um segredo!!!

Eu descobri há algum tempo que a mágica da arrumação da casa é semelhante a mágica da organização financeira e pude assim, aplicar alguns conceitos da arrumação da casa na  minha organização financeira pessoal.

Mas atenção, essa magia só aconteceu realmente comigo, de modo rápido e efetivo, tanto na minha casa, quanto na minha vida financeira, quando eu entendi o significado da palavra SUFICIENTE (que ou aquilo que satisfaz ou que basta, que é bastante, Google).

Entender e praticar em casa, que eu só preciso manter por perto o suficiente para viver feliz e que para isso eu não preciso de muita coisa, me fez refletir sobre meu perfil de consumo e também rever meu modelo de estilo de vida.

A partir do momento que tive bem claro o conceito de SUFICIENTE em minha mente e praticando-o no meu dia-a-dia em casa, impactei positivamente a minha vida financeira.

Simplesmente,através de duas únicas ações, passei a gastar menos dinheiro e quando gastava usava-o de uma forma mais consciente.

Para atingir o sucesso da arrumação no lar e a tranquilidade financeira na vida, só precisei fazer essas duas coisinhas na minha rotina:

  1. Definir o que eu queria manter (qual é o estilo de vida que eu queria ter e manter, suficiente, para ser verdadeiramente feliz).
  2. Definir onde iria guardar o que resolvi manter (traduzindo para a vida financeira: definir onde iria aplicar os meus recursos para acessar e manter esse novo estilo que escolhei e atingir meus objetivos de vida).

 

Como dar inicio a essa magia?                                                                  

Comecei botando a mão na massa!!!!

Arrumando de uma só vez a minha casa toda (não levei nem 2 semanas para isso) e depois, aproveitei o tempo extra que surgiu para ampliar a organização na minha vida, iniciei meu reaprendizado financeiro, reaprendi a cuidar do meu dinheiro, assim atingi o estado confortável de organização e tranquilidade financeira, no qual vivo hoje.

A arrumação da casa foi a maneira mais rápida e mais efetiva para eu aprender o significado da palavra SUFICIENTE na prática, e principalmente, iniciar o processo de alteração do meu modo de pensar e agir com todos os meus recursos, inclusive o dinheiro.

O ponto chave para o sucesso, foi que ao organizar a minha casa,  promovi uma  mudança visível no cenário onde estava inserida.

Essa arrumação da casa me fez enxergar e sentir os resultados palpáveis, rapidamente e desse modo, o impacto positivo gerado pela organização, me deu, mais tempo para pensar, aprimorou meu foco e me ajudou a me manter conectada ao plano de financeiro que tracei para atingir meus objetivos de vida.

Posso garantir a você, essa arrumação mudou minha vida, para melhor!!!!

Abaixo vou listar algumas das principais sacadas que tive ao fazer a arrumação:

  1. Arrume por categorias e não por local.

  2. Não faça estoques.

  3. Menos é mais.

  4. Conforto  é diferente de felicidade.

  5. Doe, conecte-se ao fluxo.

Eu comecei descartando itens em casa e depois fui simplificando a rotina e desapegando de um monte de obrigações, por exemplo, de check lists sociais (fazer o que todo mundo está fazendo para me pertencente o grupo).

A regra de ouro, era manter apenas o que me deixava feliz e com isso eu percebi que conforto era diferente de felicidade e que menos é realmente muito mais.

Arrumar por categorias me liberou vários espaços na casa e não fazer mais estoques também.

Pra que fazer  estoque hoje em dia, se não estamos vivendo um período de guerra, catástrofes naturais ou hiperinflação? E ainda, para ajudar, tenho um mercadinho, um super mercado e  2 padarias a poucos metros de distancia da minha casa?

Eliminando os estoques, pude diminuir meu gasto mensal no mercado em cerca de R$ 150,00 só evitando comprar itens para estocar.

Esse dinheiro gasto em produtos extras estocados no armário, as vezes era o que faltava para eu fechar o mês no azul e algumas vezes me fez entrar no cheque especial, desnecessariamente.

O que descartei e que estava bom para ser passado para outra pessoa eu doei.

Foi muito recompensador ver a carinha das crianças da creche perto de casa ao verem os brinquedos e os livros que estávamos doando.

Meus filhos me acompanharam nessa entrega e amaram participar e ver como a ação deles, estava causando felicidade nas crianças e neles também.

Agora essa arrumação e doação antes do Natal para a creche já virou tradição aqui em casa.

Pude rever nessas experiências, muitos dos meus valores.

Aproveitei também para me para organizar outros setores da minha vida, listei minhas melhores competências e minhas  melhores habilidades, listei novas competências e novas habilidades que preciso aprimorar ou desenvolver nessa nova etapa da vida e principalmente revi meu status para BETA.

(O estado BETA é quando se lança um produto que ainda não está pronto e que está em faze de aprimoramento).

Percebi, que o Tesão da vida (para mim), aquilo que me mantinha realmente empolgada e motivada era justamente quando eu estava no estágio de aprendizado e resolvi manter esse estágio permanentemente, tornando me uma aprendedora  permanente, saindo da zona de conforto constantemente, portanto mantendo-me em constante aprimoramento, em BETA.

Agir assim, me fez assumir vários riscos.

Me fez quebrar alguns paradigmas, me fez sentir medo em alguns momentos, mas também me fez sentir meu coração vibrando inúmeras vezes, me fez entrar em estado de flow, fez eu me sentir muito mais feliz, me conectou com o fluxo do universo da Abundância.

Para alguns, esse meu novo modo de pensar e agir pode causar algum estranhamento, pode parecer até mesmo que vivo de um modo perigoso, menos seguro, mas é justamente o contrário, nunca me senti tão segura.

Comece você também, hoje mesmo, a arrumar a sua casa e a sua vida financeira e sinta a mágica da organização na sua vida.

Provavelmente, você vai esbarrar em algumas dessas crenças equivocadas sobre arrumação e organização (isso aconteceu comigo), tipo:

  • Eu sou bagunceira por natureza,

  • Eu não tenho tempo para me organizar,

  • Dá muito trabalho,

  • É muito chato

Mas eu aprendi que organização não tem nada a ver com fatores genéticos, nem com o meu tempo disponível.

Posso te afirmar, se você começar arrumando a sua casa, vai poder transferir muito dessa nova mentalidade sobre organização para a sua vida financeira e verá que elas têm muito mais em comum, do que você  imaginava.

E ideia pode até parecer incomum, mas eu garanto que dá certo, como disse antes, eu mesma já testei e aprovei essa estratégia na minha casa e na minha vida financeira.

 

Qual o método usado?

 

Inicialmente, entenda por arrumar a casa, fazer uma arrumação total de todos os ambientes e de todos os armários da sua casa.

Usei como inspiração o ótimo livro “A Mágica da Arrumação” da Marie Kondo e apliquei a técnica indicada no livro de manter comigo e na minha casa apenas o que me trazia felicidade.

 

No livro, Kondo sugere que você tire tudo de dentro dos armários e peque peça por peça e se pergunte: “Isso me trás felicidade?”

As peças que não trazem felicidade devem ser descartadas sem titubear.

Essa mesma técnica, pode ser usada antes de usar o seu dinheiro (tanto em gastos fixos mensais como em gastos flutuantes), usando esse principio consegui reduzir meus gastos mensais e direciona-los para o que realmente me interessa.

Identificar o meu real propósito de vida, me conectar a minha verdadeira essência e a partir disso listar meus reais objetivos de vida tornaram essa tarefa cada vez mais fácil.

Pode parecer trabalhoso no inicio, mas usando a estratégia correta (indicada no livro A Mágica da Arrumação e no Curso Tranquilidade Financeira), você se sentirá totalmente preparado e disposto para iniciar a organização.

E o melhor de tudo, depois que conseguir colocar a sua vida em ordem e sentir o prazer de uma casa arrumada e a segurança da tranquilidade financeira, sua vida ficará ainda melhor.

 

Qual o principal benefício atingido?

O grande efeito colateral da organização é o ganho de tempo.

Sim, eu  finalmente tive mais tempo.

Além de mais espaço, maior circulação de ar nos ambientes, passei a achar tudo mais rápido, percebi mais clareza para enxergar quais caminhos deve tomar e assim passei a tomar melhores decisões a partir dessa clareza e na parte financeira estou com mais dinheiro e segurança financeira.

Com esse novo tempo livre eu aproveitei para estudar e desenvolver novas atividades relacionadas ao meu propósito.

Pude também, passar mais tempo com a minha família.

Nossos laços se fortalecerem muito mais, por exemplo, assiste durante 4 meses no ano de 2015, todos os dias após o almoço em casa (que também é uma constante agora) assisti aos episódios da série Friends (10 temporadas) com meu filho mais velho e com o mais novo comecei a fazer no final de 2016 exercícios de meditação.

Adoramos a nova prática e estamos trabalhando para evoluir nessa área da meditação.

Muitos outros aspectos mudaram também, como a qualidade do sono, a alimentação e a atividade física que agora é constante em minha vida.

Organizar-me só me trouxe benefícios, me levou a uma versão muito melhor de mim mesma e eu sei que isso é só o começo.

Que saber mais algumas dicas de como economizar nos gastos fixos e assim ter mais dinheiro para investir e mais tempo para você?

Assista agora mesmo o vídeo: Mais tempo, mais dinheiro.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.